8.2.14

Carnaval 2014 - São Francisco pode se tornar referência em desfiles de escolas de samba

São Francisco de Assis pode se tornar referência na região na realização do Carnaval 2014, pois é o único município a preservar todo o aspecto cultural com os desfiles das cinco Escolas de Samba que trarão para a Avenida do Samba suas fantasias, alegorias, samba-enredo, bateria, alas, passistas - um diferencial que podemos apostar ainda mais como atrativo turístico e cultural para o município, ou ainda, um produto turístico.

Acredito muito que se este trabalho tiver prosseguimento, continuar tendo incentivo do Poder Público e nós assisenses, passarmos a acreditar ainda mais no potencial incrível de nossas escolas de samba, num futuro muito próximo, nosso município poderá ocupar um lugar de destaque no RS, quando se trata de Carnaval.
Estamos no caminho, pois há alguns anos atrás, não se falava em concursos das escolas de samba, não existia uma política de valorização cultural e o que é pior, em julgamentos de concursos passados, não existia regulamentos com julgamentos por quesitos, jurados eram convidados a julgar o "todo", como se entendessem de tudo.

Até 2004, havia apenas uma escola de samba, a guerreira "Unidos do Pé Preto".
Em 2005, nasceu a "Gaviões Assisenses. Em 2010, foi fundada a "Asas da Liberdade" e no ano de 2012, mais duas escolas de samba: Mocidade Independente e Imperadores do Samba Assisense e com isso, precisou de melhor organização e fundamos em 2013, a UNESFA - União das Escolas de Samba de São Francisco de Assis.
Posso afirmar que nunca se fez tanto pelo Carnaval como nos últimos anos. Mas nosso trabalho está "engatinhando" e cada passo dado é o reflexo de toda dedicação e esforço da Administração Municipal que vem valorizando o trabalho e de cada escola de samba, que luta todo ano para apresentar o melhor na avenida.

Neste ano teremos um Carnaval que São Chico ainda não viu: Cinco Escolas de Samba desfilando, demonstrando que o trabalho em equipe supera qualquer obstáculo.
Mas ainda temos muito o que evoluir.
Que tal acreditarmos nisso, todos juntos? A construção será mais rápida e os resultados ainda mais positivos.

Nenhum comentário: