30.12.13

...Vivo no que acredito, no rastro que tenho escrito...Feliz 2014...

Das lições que aprendi, por tudo o que já vivi, quero deixar a paciência
Pra alma que sabe ser mansa e prefere a esperança, ao fogo da violência
Honestidade bendita, deixo pra quem acredita na linda imagem do bem
E pra quem me feriu, me castigou e iludiu, eu deixo o perdão também...

Só não deixo a tristeza, porque, com certeza, ninguém merece guardar
Então, eu levo comigo, não quero ver um amigo com pranto no leito do olhar
A vida que pulsa meu peito, um dia, parte ao seu jeito, mas não morro no fim
Vivo no que acredito, no rastro que tenho escrito, e ficará depois de mim!!


(Testamento da Alma - Rômulo Chaves)


Nenhum comentário: